Superação



Superação é uma palavra forte, rica e complexa, que conota força e traz novamente a paz e a tranquilidade que se ausenta nos momentos difíceis.

Mas porque é tão difícil de atingir seu significado? Como superar determinada situação complexa, quando as ações necessárias não são de nossa responsabilidade e nem possíveis a nós?

Tamanha complexidade não proporciona metodologia nem roteiro a ser seguido, não existe fórmula que nos garante sucesso satisfatório nem sequer facilitar o cumprimento de tal tarefa.

Quando nos vemos em situação difícil tende-se a ficar consumido pela angústia, tristeza e amargura e o caminho a se seguir se torna obscuro, nos sentimos sem forças para prosseguir na batalha, sem imaginação para encontrar o melhor caminho e sem visão para enxergar a saída.

Com toda sinceridade e sensatez do mundo, acredito que continuar lutando é o melhor a ser feito, claro que muitas vezes demoramos a perceber que já estamos no meio de uma batalha, inertes e cada vez mais no prejuízo, tal qual alguém se afogando e se debatendo, se dirigindo cada vez mais para o fundo, mas continuar lutando mesmo sem forças, nos mostra que temos condições de seguir em frente, que temos condições de perseverar e que estamos fazendo tudo possível ao nosso alcance para superarmos a adversidade que nos encontramos.

Se encontrar em dificuldades requer paciência e humildade acima de tudo, paciência para continuarmos envoltos por situação adversa por tempo indeterminado, acreditando que a luz ainda virá e humildade para reconhecer que é impossível termos o controle sobre todas as situações adversas as quais passamos, humildade para reconhecer que às vezes necessitamos de ajuda, para reconhecer que também erramos e que também nos perdemos.

Ter consciência do cenário como um todo, nos traz a facilidade de conhecermos o tamanho do problema, apurando melhor o tempo necessário para a superação do mesmo, trazendo serenidade para planejar melhor o rumo a seguir.

Claro que sei que não é fácil, claro que eu também estou sujeito aos mesmos erros, ao desespero e à fadiga no meio da batalha, mas saber o que se deve ser feito é o primeiro passo, se iremos conseguir cumprir com o planejamento e se teremos forças suficientes para tal, é uma verdadeira incógnita.

Por ser estreita a senda - eu não declino,
Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou dono e senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma.”

Caminhemos sempre em frente, pois és certo que ele nos acompanha e nos proporcionará ferramentas valiosíssimas conhecidas também como amigos e familiares para encontrarmos a luz no final da jornada.


CaeGomes

Comentários

  1. Fantástico Cae.
    Primeiro, peço desculpas pela ausência em visitá-lo. Como estava em época de provas na faculdade nem o meu próprio blog eu dei as caras, rsrs... Enfim... Sobre seu post:

    Bem, confesso que sempre me identifiquei bastante com sua escrita, sempre profunda e reflexiva. Lendo o texto lembrei-me de por que escolhi o curso ao qual estou matriculada no momento. Nunca foi a minha primeira opção, mas no momento não penso em deixá-lo por ter-me identificado mesmo. No entanto, optei não por falta de paciência ou humildade (apesar de concordar com esses dois preceitos quase essenciais), mas por esmorecer pelas derrotas.
    O ser humano é fraco. E, sobretudo, eu fui fraca, não só física ou psicologicamente, mas meu espírito vacilou e sei que muitas das pré-derrotas diante dos obstáculos dão-se justamente por um momento de desespero frente aos insucessos constante.
    Por mais que nos consideremos resistentes e pacientes, existe um limite, porque o homem é naturalmente limitado. Quando a esperança acaba, uma parte dentro de você morre junto com ela e é tão triste.
    Todavia, a mantença (aprendi essa palavra dia desse e jurava não existir, rsrs) da empolgação no caminho é fundamental para alcançar o sucesso. A plenitude da vitória é indescritível. Além do mais, no fim, tudo passa, foi apenas um momento. O antes da vitória, é esquecido e é essa a certeza que nos mantém.
    Seus textos me deixam um tanto quanto introspectiva. Hahahahaa
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Estou fazendo comentários muito longos, rs... Desculpe novamente. Ficou quase um texto anexo

    ResponderExcluir
  3. Ley, primeiro obrigado mais uma vez pela visita, não precisa pedir desculpas pela ausência, você é bem vinda sempre, independente de frequência.
    Você sempre me dando pequenas aulas muito bem conceituadas em seus comentários, adorooo.
    Concordo contigo que o ser humano é fraco e fadado à esmorecer pelas derrotas, por isso a escolha do tema, para ao menos tentar proporcionar um momento de reflexão antes de prosseguir na batalha, aquela famosa pausa para verificar se ainda estamos caminhando na direção correta.
    A vitória compensa toda a dificuldade da jornada, mas é a jornada que nos proporciona os verdadeiros aprendizados.
    Adorei a palavra que acaba de aprender e me ensinar, só que como você disse que existe, em momento algum eu dúvidei. hahaha
    Quanto aos seus comentários serem longos, sem problemas, primeiro que você deve ser como eu, quando os dedos tocam o teclado, traduzindo o interior de seu coração, dificilmente se controlam e segundo porque como disse, meus textos te deixam introspectiva e como você é muito rica em conceitos e conhecimentos, o comentário sempre se prolonga !!! hahahahaha
    Obrigado mais uma vez.

    ResponderExcluir
  4. Achei bacana sua postagem cara... fiz um blog tbm se depois você quiiser dar uma olhada abraços e parabéns.http://juanzitoalves.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Suas ações comprovam?

Aliada ou Inimiga?

É especial o que considera especial?