Explosão de Sentimentos

Atendendo à pedidos, estou postando um texto que havia postado em meu blog anterior, mas que não havia colocado neste, espero que gostem.

Explosão de Sentimentos

Depois de muito tempo ausente, volto às atividades normais, agora casado, em outro estado de espírito, mas com a mesma sede de compartilhar informações, pensamentos e talvez ensinamentos.
Atendendo à pedidos (sugerido por uma pessoa muitíssimo especial) descreverei sobre a explosão de sentimentos que me tomaram no momento do meu casamento.

Um dia agitado, com diversos detalhes a serem resolvidos, mas que decorreram com tranqüilidade, a hora passa aceleradamente e você nota que o momento esta cada vez mais próximo e a ansiedade cresce absurdamente.

Familiares, amigos, todos em minha casa agitados, ansiosos e um pouco nervosos, mas em momento algum deixaram de exibir franco sorriso no rosto, pois o dia é de festa, de grande conquista e de uma união verdadeira e duradoura.

Como a grande maioria das famílias numerosas, saímos de casa em cima da hora, sem tempo para imprevistos no decorrer do caminho e assim sendo, fui à frente aceleradamente e deixei meu irmão, e outros padrinhos para trás. Chegando à igreja, notei que nem todos os casais de padrinhos estavam presentes e a cerimônia anterior havia acabado.

A cerimonialista da igreja, nervosa e mal educada (toda história de sucesso e felicidade tem um teor dramático) solicitava a presença de todos e ameaçava iniciar a cerimônia sem a presença dos ausentes, os principais personagens da festa, aqueles a qual escolhi para representar todos os amigos que eu gostaria que me acompanhassem neste momento, me senti num misto de nervosismo, com ansiedade, apreensão e tensão e assim me preparei para entrar na igreja, faltando padrinhos, mas com o protocolo forçadamente dentro do programado.

A música se iniciou e as portas da igreja se abriram, sim, exatamente assim repentinamente e sem tolerância alguma, “agora fudeu” eu pensei, mas fui tomado por um sentimento de imensa felicidade, o grande momento havia chegado e agora era presente, intenso e eterno.

Entrei com largo sorriso no rosto, cumprimentando e agradecendo à todos pela presença, por compartilhar conosco esta imensa alegria e conquista e cheguei ao altar para aguardar minha futura esposa e eterna companheira.

Todos os padrinhos (presentes, pois ainda faltavam casais a chegar) entraram e seguiram para seus respectivos lugares, meus pais se encontravam também em seus devidos lugares e o momento mais esperado por todos na cerimônia chegou, a entrada da noiva, o grande momento, o ápice do evento e o grande clímax da noite.

Iniciou-se a música, a chamada da noiva, a preparação para a marcha nupcial, abriram-se as portas e lá estava ela, linda, emocionada e sorridente, meu coração já não cabia mais em meu peito, uma verdadeira explosão de sentimentos tomava conta de mim, felicidade, alegria, euforia, nervosismo, muita emoção, ela entrou e fui ao encontro dela, feliz, emocionado e verdadeiramente realizado.

A partir daí, a cerimônia transcorreu com tranqüilidade e imensa felicidade, conduzida por um padre tranqüilo e divertido, com grandes ensinamentos e com grande intensidade. A tranqüilidade foi quebrada apenas no momento dos cumprimentos àqueles que são e sempre serão a nossa essência, nossos familiares e amigos, que sempre nos acompanham e que sempre estarão por perto e que agora estavam completos no altar, todos os casais, lindos e sorridentes.

Cheguei ao meu irmão, meu parceiro, meu protegido e protetor e muito me emocionei, chorei e me aliviei, repetindo a cena juntamente com meu pai, assim como aconteceu com minha agora esposa quando cumprimentou a sua mãe.

Agora o sentimento era único, felicidade, os padrinhos nos cumprimentando e saindo, a igreja lotada, com muito mais publico do que no momento que iniciou-se a cerimônia, e a felicidade se fundiu com satisfação, sensação de dever cumprido, orgulho, alegria, tranqüilidade e muito amor.

Assim nos encaminhamos para a festa, a qual não descreverei aqui neste post, mas que foi maravilhosa e muito satisfatória e divertida.

Acredito eu que possa existir algum leitor que esteja pensando neste exato momento, o que faz um texto deste em um blog sobre pensamentos e ensinamentos, pois bem, tudo na vida tiramos lições e ensinamentos e este é o momento.

Esta narrativa é verídica e fiel ao acontecido, e serve para nos mostrar que quando buscamos um objetivo com garra e força de vontade, sempre alcançaremos o resultado desejado ou superior ao desejado, pois o resultado sempre depende de nós, mesmo que em algum momento desta busca se necessite envolver outra pessoa, que ajudará ou não de acordo com as nossas posturas e em decorrência do nosso caráter e das nossas ações.

Buscamos o nosso objetivo em pouquíssimo tempo, tempo este que em muitos momentos imaginamos não ser hábil à alcançar com sucesso o nosso objetivo, mas que com garra, força e muita vontade foi alcançado.

Fica a reflexão: “Podemos tudo quando queremos e não temos medo de buscar”.

CaeGomes

Comentários

  1. http://juanzitoalves.blogspot.com/ Cara estou aqui de novo, primeiramente para te parabenizar mais uma vez e queria que você fosse até meu blog e me falasse se eu estou indo bem. Desde já muito grato! juanzito alves

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A Sutileza das lições da vida

O outro lado da moeda

Suas ações comprovam?