Traumas e seus trejeitos




Dias atrás tomei conhecimento de um passado longínquo muitíssimo complexo de alguém que conheço, passado esse com uma carga emocional e traumática gigantesca, algo que eu nem imaginava que fosse possível de ser superado, principalmente em um momento de formação de caráter, ainda sem muita base, sem muita experiência e sem uma ajuda externa que pudesse guiar e auxiliar.

Refletindo sobre, eu notei que conheço outras pessoas que passaram por momentos semelhantes, ou ainda estão em momento semelhante, pessoas que passaram por grandes traumas e superaram, ainda que tenham perdido muita coisa no processo de maturação, ainda que existam feridas por se fechar, ainda que tenham cicatrizes, manchas e marcas que jamais as deixarão, elas superaram satisfatoriamente os seus traumas.

Claro que existem muitos que não superam, talvez a grande maioria pertença a esse grupo, pessoas que não conseguiram superar seus traumas ou que superaram apenas uma parte deles e não por falta de capacidade, astucia ou maturidade, mas porque viviam um momento que não foi possível forças para alcançar a superação ou não existia tempo hábil para tal.

Tal qual um passarinho que a mãe joga do ninho para que durante a queda ele aprenda a voar, ocorrem fatos na vida das pessoas que acarretam nesses traumas que custam a serem superados, são impossíveis de serem esquecidos e deixam muitas marcas, mas também nos proporcionam infinita oportunidade de crescimento e aprendizado. Não existe uma fórmula secreta para tal processo, na verdade existem diversos processos interligados ocorrendo em paralelo, onde terminados satisfatoriamente acarretarão na superação.

O processo é muitíssimo duro, o fardo é pesadíssimo e insuportável na maioria do tempo, mas como é magnifico a superação, como é grandioso, como nos traz sabedoria, força, paz e alegria superar algo que nós não imaginávamos possuir força e capacidade para tal, é divino!

Sim, esse processo deve mesmo ter o auxílio de Deus, pois é com tamanha sutileza que ele age na terra, amparando e guiando aqueles que por mais estafante que seja a luta, jamais deixa de seguir em frente, jamais desiste e jamais perde a fé, fé de que ele é capaz de superar, fé de que nada acontece por acaso, fé de que dias melhores virão, algo que se realmente acreditamos, aceitamos com maior facilidade o fardo que nos foi oferecido e a distancia e tempo que devemos carrega-los, se temos essa fé, entendemos facilmente que foram algumas de nossas escolhas que nos trouxeram para este presente e para os casos que não derivaram de escolhas nossas, são elas que irão acelerar ou tardar a superação e aprendizado que é um dos caminhos que nos foram apresentados.

Somos todos capazes de tamanha superação, somos seres com infinita capacidade, somos mutáveis e nos adaptamos a qualquer situação que a vida nos apresente, mas para isso temos que acreditar, temos que lutar arduamente e temos que ter perseverança, se você esta ou esteve em momento difícil, olhe para os exemplos reais existentes no meio a qual esta inserido, existem exemplos magníficos de superação, exemplos aos montes espalhados por todo canto, basta que observemos atentamente nos permitindo aprender com os exemplos. A mas isso não se aplica a mim, eu nunca passei por um grande trauma, por uma situação difícil tão extrema, pois prepare-se, é certeza que ainda irá passar.

Nossa mas que pessimismo pensar que vou passar por uma extrema dificuldade, não se trata de pessimismo, se trata de aceitar a fórmula da vida, se trata de aceitar o fato de que estamos em eterna evolução, de aceitar que conforme evoluímos e temos maior base, temos mais conceitos e mais experiência, necessitamos de lições mais difíceis, necessitamos aumentar a carga emocional, aumentar a dramaticidade o extremismo das lições que nos são apresentadas, pois assim caminha a humanidade, assim caminha o ser humano de sucesso, tal qual um exercício de musculação que você aumenta a carga constantemente a medida que a musculatura vai se tornando mais rígida e resistente.

O poder que temos é imensurável, mas precisamos direcioná-lo para o bem, para o que realmente interessa e para momentos, fatores e situações que realmente devem ter nossa total entrega, todo poder só é forte quando controlado, algo que para termos a capacidade de fazer, precisamos olhar para dentro de nós, pois todas as nossas respostas estão lá, ocultas e aguardando ansiosas por serem libertas, a reflexão deve ser interior, devemos olhar para nós e não para o próximo, pois somos nós que possuímos as respostas, somos nós que temos o nosso poder, nós somos os senhores e capitães de nossa alma, nós somos os donos de nosso destino, a resposta externa só é valiosa se vier apenas para somar e acrescentar, não se vier para ser a salvação, pois neste caso não existe salvação, apenas uma solução paliativa que pode ou não ser duradoura, mas que certamente será finita.

Retrovisores são feitos para enxergar o passado, não para nos vangloriarmos das conquistas ou para relembrarmos as derrotas que também nos são valiosas, mas para que possamos lembrar que tudo aquilo que vemos, fomos nós mesmos que conseguimos, com auxílio externo ou não, mas fomos nós que alcançamos.

CaeGomes

Comentários

  1. Sou de uma geração humilde fomos cerceados numa fase da vida onde o que mais importa em sua vida é o superfluo, nada mais importa que os produtos desenvolvidos pela indústria da publicidade e do entretenimento, infelizmente alias felizmente as prioridades dos meus genitores eram outras e não a minha sacialidade em adiquir um produto popular criados de épocas em épocas, como embutir na mente de uma criança que sua prioridade não é uma prioridade, tarefa indigesta só sabe quem há passou ou quem é pai ou mãe e tiveram que passar ou passam por uma situação desta, infelizmente um quadro corriqueiro comum em nossa siciedade, a desigualdade e a má distribuição de nossas riquezas levam a esse quadro que perduram por anos, mas essa situação passa por outra reflexão muito mais complexa, meus sonhos analisando agora numa outra fase da vida eram tão pequenos mas para uma criança se torna tão grande, e eu na minha inocência acabava usufruindo as dos coleguinhas que tinham e para devovolver era uma briga rsrsrs...ia pra casa sangado e inconformado nada me consolava.rsrsrs...só com o tempo ia melhorando.....mas os traumas ficam e com o tempo e a maturidade vamos percebendo e entendendo que o superfluo não foi obitido por que as prioridades eram outras muito mais necessárias e irrefutáveis, nossos traumas viram banalidades dentro de um cotexto totalmente fora de contexto, vivi e vivo com meus traumas de uma forma retilínea com muita dignidade e muito mais compreensão, quando conseguimos superar essas dificuldades nos tornamos seres melhores acredito, existem muitas formas e causas de traumas cada um a admistra ou não dependendo do seu caráter, mas a família e os bons exemplos são a base para alçar esta superação, quando digo família não me baseio apenas nos fatores genéticos muito pelo contrário esses talvez sejam os menores, tenho uma outra visão com respeito a descrição de família, as genéticas que alias são de grande valia e necessária para o nosso crescimento e aprendisado sejam de que forma sejam.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Suas ações comprovam?

Aliada ou Inimiga?

É especial o que considera especial?