Motivação



Uma amiga me pediu para escrever sobre motivação e inspiração, no mais puro sentido das palavras, no âmbito global, vida pessoal, profissional, etc., se diz um tanto quanto necessitada de um fator externo que a impulsione novamente no caminho da satisfação pessoal, da alegria de viver a jornada, da confiança de que tudo tem um motivo e um momento adequado para acontecer e que existe uma força maior que nos direciona para o caminho do bem, quando assim estamos dispostos a seguir.

Fiquei  um tempo refletindo a respeito da sugestão, tentando imaginar qual seria o ponto exato que nos faz necessitar de uma motivação externa, de um fator externo que nos inspire a prosseguir, que nos faça aproveitar novamente as maravilhas proporcionadas pela jornada e percebi que não existe um ponto exato onde atingido identificamos que necessitamos de uma inspiração, é tênue e subliminar o momento que perdemos a aceleração na caminhada e muitas vezes ficamos a mercê da inércia por longa data, sem nem mesmo ter a consciência de que assim estamos, sem ao menos perceber que precisamos acelerar novamente e seguir em frente.

Percebi também que motivação não é um fator externo, não é algo que nos é dito, ou nos é apresentado, exemplificado, que nos motivará, motivação é interna e pessoal, cada um tem um ponto, cada um tem os seus motivos e suas razões para serem motivados, para sentirem-se motivados, motivar e inspirar uma pessoa que passa por dificuldade, por situação adversa, por algum tipo de perda, por algum tipo de erro, ou até mesmo por falta de objetivo, falta de perspectiva ou qualquer outro tipo de falta é algo que deve vir de dentro, é uma tarefa que o meio externo na maioria das vezes não consegue auxiliar, não consegue impulsionar de maneira geral, talvez exaltar exemplos de sucesso que perseveraram sobre seus obstáculos, que aprenderam e evoluíram e saíram de seus problemas mais fortes e confiantes, mais maduros e experientes e que em certo momento se encontravam em situação semelhante ou até mesmo pior, já basta para que a pessoa reflita a respeito e se inspire no caminho da evolução, mas como motivar aqueles que simplesmente não tem problema, que simplesmente perderam a motivação sem que um determinado fato tenho originado a perda, sem uma perda ou alguma situação adversa ?

Acredito que quando alcançamos os nossos objetivos, pequenos ou grandes, normalmente temos uma tranquilidade, uma satisfação e uma paz interior que nos “desacelera” naturalmente, sem que possamos perceber, naturalmente entramos em recesso antes de voltarmos a caminhar atrás do próximo objetivo, mas essa inércia acaba durando mais do que o necessário ou esperado e é neste momento que necessitamos de algum tipo de motivação, que nos impulsione novamente para o caminho, que finde com o recesso, que ligue os motores e nos permita acelerar na direção desejada independente de qual seja a velocidade que iremos escolher, sendo essa motivação interna ou externa, ela se faz extremamente necessária para que voltemos a nos direcionar e nos mover.

A vida tem meios totalmente atípicos e intensos de nos mostrar nossas respostas e de nos guiar no caminho da verdade, ela é dura e cheia de obstáculos, cheia de degraus que necessitam serem superados antes de podermos superar o próximo, mais alto e difícil, mas é exatamente essa dificuldade que nos fortalece e nos ensina que perseverar exige garra e comprometimento, com muito trabalho sempre atingiremos o resultado que desejamos e devemos sempre lembrar disso, devemos sempre lembrar de que dependemos apenas de nós mesmos e que nós traçamos os nossos caminhos, nós somos donos do nosso destino e ter esse poder, ter a liberdade de escolher para onde seguir, podendo mudar de ideia e alterar o caminho a qualquer momento é maravilhoso, desafiador e garante o sucesso, essa deve sempre ser nossa motivação, este é um pensamento que nunca deve deixar de popular nossa mente e precisamos sempre consultar, todos temos nossas convicções, nossas crenças, nossa bagagem, sabemos onde podemos chegar e sabemos que temos total capacidade de chegar onde julgamos num primeiro momento que não podemos chegar, essa deve ser nossa maior motivação, nossa premissa, mesmo que em alguns momentos alguém necessite nos mostrar isso, nos lembrar de quem somos e do que podemos.

Uma borboleta antes de voar livremente pelo céu, passa por uma transformação duríssima, tendo que quebrar o casulo e passar por um buraco estreito e difícil, onde ela se esforça insanamente para se libertar, mas é exatamente essa briga pela liberdade que fortalece suas asas para que posterior a esse processo ela possa desfrutar de um lindo e gracioso voo pela natureza, essa é a razão que devemos nos apegar, essa é a maneira da vida de nos inspirar, a garantia que depois de muito trabalho seremos agraciados com o sucesso em nossos objetivos, a garantia que sempre nos tornaremos melhores com o esforço e dedicação e sempre teremos uma excelente colheita depois de plantarmos e cultivarmos diariamente nossa plantação.

A certeza de que nossos objetivos são escolhidos por nós porque sabemos que é o melhor para nós e sabemos que é a nossa vontade, deve ser a nossa motivação, fomos nós que escolhemos os nossos caminhos, vamos buscar nossos objetivos, pois sabemos o quão bom eles nos serão, assim é a vida, assim somos nós, assim deve ser a nossa postura, principalmente nos momentos que nos encontrarmos na inércia, vivendo a vida, acompanhando o fluxo, sem leme, sem acelerador, sem direção, apenas deixando acontecer, devemos sempre lembrar que nós somos responsáveis pela nossa motivação, por nossas pernas e por nossa determinação de seguir lutando, somente nós mesmos nos levaremos onde desejamos e por isso nós mesmos é que temos que colocar a mão na massa e trabalharmos o que necessita ser trabalhado.

“Motivação é uma lembrança constante de que se alcançarmos o objetivo estaremos onde desejamos e com as condições que desejamos ter, como fomos nós que desejamos, o conhecimento é de nossa posse, não aguardemos que alguém nos lembre disso, pois o conhecimento pode não ter sido compartilhado com ninguém além de nós.”

CaeGomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suas ações comprovam?

Aliada ou Inimiga?

É especial o que considera especial?