Saudosos Valores



Aprendi muito sobre futebol e organização tática com meu saudoso avô Felipe, ele sempre era convidado pelo Sr. Valdir e o Sr. Zaneti para ir ao estádio do Morumbi e sempre pedia para me levar junto, era apaixonado por futebol e pelo nosso tricolor, amendoim, radinho de pilha e as explicações táticas eram nossa rotina e como eu amava, momentos que ficaram eternizados em meu coração e minha memória.

Meu avô era muito correto, mas principalmente muito generoso e espiritualizado, por isso eu pensando nele esses dias, por conta do tricolor me remeteu à reflexão do que ele acharia dos dias de hoje, como ele se portaria, o quanto nos ajudaria e nos cobraria pelas escolhas corretas, pela união, pela bondade e generosidade tão natural nele, por isso vou tentar imaginar como a presença dele influenciaria nossas vidas hoje.

A primeira diferença que teríamos com certeza é a família mais unida e mais próxima, ele lutou muito pela união familiar, fez escolhas sempre pensando na família, cedeu e se desdobrou muitas vezes pela união, cobrou na hora certa e falhou por não cobrar também, mas sempre com a prioridade na união.

Hoje temos uma vida muito corrida, o custo de vida aumentou, as pessoas não se contentam mais com pouco, as relações passaram a ser cada vez mais virtuais e superficiais, isso nos levou a priorizar mais o status, a imagem, as pessoas se preocupam mais em mostrar do que ser, para serem aceitos no meio que estão inseridos mostram até o que não condiz com a realidade, estar na presença de amigos, desfrutar momentos de harmonia e felicidade com familiares não tem mais a mesma importância e por isso ocorre muito pouco atualmente.

Outra grande diferença é que Sr. Felipe era muito educado, respeitoso e correto, tinha muito respeito pelo próximo e seu espaço, fazia questão de agradecer por tudo, fazia questão de fazer o que é correto mesmo quando o correto não traria benefícios ou vantagem a ele, se portava sempre de maneira respeitosa.

Infelizmente esses são valores quase extintos nos dias atuais, basta pegar um transporte público em horário de pico que você observa essa ausência, linguajar inadequado e desrespeitoso, falta de postura, a disposição por levar vantagem a qualquer custo, podem ser observados em qualquer local público e essas atitudes se tornaram tão comuns que a rejeição à elas não tem mais forças, trazendo a perspectiva de que tende a piorar cada vez mais.

Outra grande diferença era sua espiritualidade, ele era muito espiritualizado, mas em sua forma de ser é onde se notava o quão espiritualizado ele era, seguia os ensinamentos da doutrina, era bondoso, ajudava as pessoas espontaneamente, transmitia paz e amor a todos.

Religião é um assunto sempre muito polêmico, mas atualmente vejo que as pessoas não seguem os ensinamentos da religião escolhida com verdade e amor, não seguem os exemplos e ensinamentos passados por Deus, mesmo frequentando o ambiente de suas religiões (Igreja, Templo, Terreiro, Mesquita, entre outras), bondade, amor e paz de espirito não costumam ser compartilhadas facilmente.

Eu ficaria horas escrevendo sobre as virtudes do saudoso Sr. Felipe e as diferenças de sua época e os dias atuais, mas gostaria mesmo de poder dizer a ele o quão grato todos nós somos, dizer a ele que erramos, não estamos tão unidos como imagino que ele gostaria, mas que os valores ensinados por ele foram sim aprendidos e estão sendo transmitidos às novas gerações da familia, mesmo que não tenhamos sempre o mesmo foco que ele possuía.

Gostaria de dizer também que sinto sua presença sempre que fecho os olhos e me volto volto ao coração, que sinto que ele olha por nós e nos guia, que ele acolhe os seus de braços abertos e até hoje nos serve de exemplo em todos os aspectos.

O senhor gostaria tanto dos seus bisnetos, todos eles tem um pouquinho do senhor no coração e com isso seus valores jamais se extinguirão, seremos eternamente gratos e nos corações se faz sua eterna morada, muito obrigado!


CaeGomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suas ações comprovam?

Aliada ou Inimiga?

É especial o que considera especial?