É especial o que considera especial?

 

Um novo ano se inicia, com ele se renovam as esperanças de dias melhores, de conquistas e realizações, mas também devem se renovar a energia e a vontade de lutar, a garra de enfrentar a vida de peito aberto, sem medo de errar, o foco no lutar incessantemente, a vontade de vencer.

Tudo isso nos deixa focados no trabalho e nos deveres, focados nos objetivos e nos desejos, mas e o que já temos? Você desfruta do amor e companheirismo dos amigos e familiares que ama? Desfruta e valoriza os momentos simples de leveza e paz, de risos por besteiras e palhaçadas, de risos sem motivo, de paz no coração e felicidade plena apenas pela presença daqueles que ama?

Devemos sim renovar as esperanças e nos preparar para um ano mais difícil do que o ano que passou, mas também devemos valorizar mais os momentos simples de felicidade verdadeira ao lado das pessoas que amamos e que realmente importa, buscar o equilíbrio entre foco nos objetivos e tempo de amor e felicidade compartilhada, porque esses momentos nos renovam e nos trazem forças para seguir em frente, nos dão um motivo para lutar, nos trazem a coragem necessária para mudar o caminho e fazer novas escolhas, trazem um sentido especial para a vida.

Valorize o que realmente importa e se importe com o que realmente te valoriza, aquilo que não agrega valor, subtrai silenciosamente te direcionando para a inércia e ludibriando com a ideia de que está fazendo o que precisa ser feito.

"E se em vez de você esperar por 2017, 2017 esperasse por você?

Em vez de: '2017 vai ser melhor', use: 'Eu serei melhor em 2017'.

Em vez de: 'Que 2017 seja um ano excelente', use: 'Eu serei uma pessoa excelente em 2017'.

Em vez de: 'O que 2017 me reserva?', use: 'O que eu reservo para 2017?'

Em vez de: 'Tomara que 2017 me traga...', o que é que eu pretendo levar, entregar, oferecer a 2017?"

CaeGomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Sutileza das lições da vida

O outro lado da moeda

Suas ações comprovam?