Suponha que não tem informação e não suponha !!!

 
 
A verdade de um fato é única, contra fatos não há argumentos, porém cada envolvido em um fato tem a sua própria verdade, uma maneira única de enxergar, entender e interpretar aquele fato, porque envolve sentimento e emoção, isso significa dizer que independente da verdade do fato, individualmente o que mais vale é a interpretação que foi feita e para tal, as emoções e sentimentos que dominavam o coração no momento desta interpretação é que controlam o resultado dela. 

Hoje li uma mensagem cujo autor eu desconheço:

"Não suponha nada como garantido! Se tiver dúvidas, esclareça-as. Se suspeitar, pergunta. Supor as coisas te faz inventar histórias incríveis que só envenenam tua alma e não têm nenhum fundamento... Por isso, "não suponha"."

Sabias palavras, porque o resultado das suas interpretações podem tomar o seu coração e sabendo disso é preciso ter cuidado com o que permitimos que o acesse para que o mesmo não seja envenenado, pois sempre existe o risco do envenenamento ser irreversível.

Mesmo que dominado pelas emoções e sentimentos e já de posse do resultado da interpretação, seja cuidadoso e dedique um tempo para esclarecer todos os fatores que compõe a equação, garanta que a sua interpretação foi idônea e desprovida de sentimentos errôneos que te privaram da visão do todo antes de concluir a respeito.

Ser consumido pelo veneno da decepção, da tristeza, da perplexidade, do desapontamento, da ira, do ódio, do desprezo e de qualquer veneno que apenas subtraia sem somar absolutamente nada é muito doloroso e profundo, traumático e desesperador, porém perceber que a origem de todo esse veneno foi um erro de interpretação de nossa parte por não ter enxergado o todo no momento das conclusões é exponencialmente mais profundo e doloroso, deixando marcas muito maiores e mais enraizadas, mais efusivas e latejantes, porque foi uma criação sua, por se permitir a tolice de ser direcionado pela emoção e pelo sentimento sem considerar a razão.

Mal entendido é comum na vida, mas ser comum não significa não ter prejuízo, significa que necessita de mais atenção e foco para não ser submetido a ele, mesmo que ele represente uma oportunidade de aprendizado e crescimento, esse aprendizado e crescimento pode ter uma qualidade muito maior se não permitirmos que o mal entendido se faça presente.

Busque sempre clareza e ciência dos fatos, certifique-se que considerou todos os fatores da equação em primeiro lugar, entender o enunciado é sempre o que garante a assertividade na resolução do problema proposto por ele, tenha empatia, seja cuidadoso, não só visualize mas entenda todos os fatores e todas as incógnitas antes de partir para a conclusão, seja minucioso e busque sempre conhecer todas as hipóteses e seus valores antes de fazer a sua conclusão, porque um mal entendido sempre tem o risco de ser irreversível.

Não suponha!!!

CaeGomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suas ações comprovam?

Aliada ou Inimiga?

É especial o que considera especial?